Nenhum produto no carrinho.

Produto removido com sucesso

1 – O assobio afasta as abelhas

É talvez o maior mito de todos e começamos por aqui para o tentar apagar de vez. Não, assobiar não afasta as abelhas. Elas nem querem nada connosco, só fazer o seu trabalhinho. Basta não fazer movimentos bruscos ou enxotá-las, elas não têm qualquer interesse em nós. Estão só a fazer o seu trabalho maravilhoso para termos um mundo mais colorido e saboroso.

2 – Os enxames são perigosos

Não. Mas não o ataque ou intervenha contra as abelhas, se necessário chame um especialista. Um enxame é normalmente gentil e pouco suscetível de causar problemas. Antes de um enxame deixar a colmeia, as abelhas enchem-se de mel para manter os níveis de energia bem afinados e para preparar a mudança de poiso. A enxameação é um processo natural de reprodução das colónias.

3. A abelha morre quando perde o ferrão

Nem sempre. As operárias têm ferrões que utilizam como arma de defesa. Esses ferrões, quando picam o homem ou outros animais maiores, podem ficar presos e serem arrancados do corpo da abelha fazendo com que ela morra.

4 – As picadas de abelhas são perigosas

Raramente, muito raramente. Quase todas as pessoas vão retirar o ferrão e colocar gelo na picada, sem drama. Há uma franja da sociedade que pode ter uma reação alérgica, isso acontece apenas a uma ou duas pessoas em cada 1000.

5 – Todas as abelhas picam

Não. Os machos, os zangãos, não conseguem picar. Porque está associado ao aparelho reprodutivo, só as fêmeas têm o ferrão. No entanto, apesar de terem um ferrão, as fêmeas de várias espécies de abelhas não podem realmente picar. As abelhas tendem a picar para se defenderem, como vimos em cima, pelo que a maioria das abelhas não picam a menos que sejam provocadas ou se sintam ameaçadas.

6 – É possível evitar picadas de abelhas enviando água para a colmeia 

Não faça isto. A água não terá nenhum efeito positivo. Pelo contrário, já que provavelmente apenas vai irritar as abelhas no interior e aumentar as suas hipóteses de ser picado ou picada.

7 – As abelhas não picam à noite

Falso. Por proteção, as abelhas podem picar a qualquer hora do dia. Lembre-se, elas são boas, não são agressivas nem querem picar as pessoas. Só se forem ameaçadas. Por isso, é viver e deixar viver, certo?

8 – Só quando morre uma abelha-rainha é que as operárias vão à procura de outra

Não. As operárias decidem os destinos da colmeia e são elas que escolhem quando é que querem ter uma nova rainha. Nesse caso, as operárias mostram a porta da rua à antiga rainha, digamos assim, podendo levar alguns membros da colónia consigo. A nova abelha-rainha será diferente das operárias porque, desde o momento em que é uma larva até ao final da sua vida, será alimentada com geleia real, um alimento exclusivo de rainhas.

9 – A abelha-rainha distingue-se porque tem uma mancha vermelha no tórax

Não, as manchas nas abelhas-rainhas, que podem ser vermelhas ou de qualquer outra cor, são feitas pelo apicultor. As abelhas-rainhas distinguem-se porque têm quase o dobro do tamanho das operárias, graças à geleia real.

10 – As abelhas têm riscas pretas e amarelas em todo o corpo

Não, algumas abelhas têm o abdómen todo negro.

11 – Todas as abelhas produzem mel

Não. O maravilhoso mel é produzido apenas por menos de 5% das abelhas do mundo.

12 – O mel é feito com pólen

Não, o mel é feito a partir do néctar que as abelhas resgatam das flores. As abelhas guardam-no numa bolsa dentro do seu corpo e passam-no a outras abelhas na colmeia. Depois de perder quase toda a água, o néctar torna-se espesso e origina o mel que é armazenado nos favos.

13 – As abelhas precisam de estar num ambiente rural para produzirem mel

Não. As abelhas podem encontrar néctar mesmo nos locais mais improváveis. A magia acontece em todo o lado, mas convém haver florestação, plantas e flores aqui e ali. Cada vez se veem mais cidades a colocar alguns apiários nos telhados dos edifícios. A apicultura urbana é uma tendência, como vimos num artigo anterior, que pode relembrar aqui.

14 – As abelhas estão a desaparecer

Existem muitas razões para as abelhas estarem ameaçadas a nível mundial. Várias doenças, poluição, aumento da temperatura, químicos usados na agricultura, animais que as atacam (como as vespas asiáticas que estão agora a invadir Portugal e outros países da Europa), são algumas das causas da morte direta das abelhas adultas ou das suas larvas, que são alimentadas com produtos contaminados. As abelhas domésticas, porque são mais frágeis que as selvagens, enfrentam um risco ainda maior.

15 – O que aconteceria se todas as abelhas do mundo desaparecessem

As abelhas são responsáveis pela polinização de muitas plantas, incluindo inúmeras árvores de fruto e vegetais importantes para a nossa alimentação. Se elas desaparecessem, muitas dessas plantas não teriam outro inseto que pudesse fazer a sua polinização e não se conseguiriam reproduzir. Ou seja, acabariam por deixar de produzir frutos. Sem plantas novas a nascer e com a morte das mais velhas, algumas destas espécies desapareceriam do planeta, em volume certamente e totalmente caso outros polinizadores deixem de fazer este trabalho essencial.

 

Conheça este produto:

Geleia Real
12,00

Geleia Real

12,00
Promoção! Conjunto de Geleia Real
31,50

Geleia Real (3 unidades)

31,50
Cápsulas de Geleia Real
15,00

Geleia Real 50 Cápsulas

15,00

Veja também

Subscreva a newsletter e faça parte do nosso mundo!

As novidades estão sempre a chegar à Quinta das Tílias: novas delícias de mel, hidromel e chocolates, bem como os seus produtos preferidos de beleza e saúde que só as abelhas conseguem fornecer.

E-mail adicionado com sucesso, obrigado