Nenhum produto no carrinho.

Produto removido com sucesso

Comer chocolate deve ser um dos prazeres mais consensuais do mundo. Ahhh, quanta satisfação, parece um abraço de alguém que amamos, certo? Mas há coisinhas que devemos saber.

Para começar, não é aconselhável acumular chocolate, para manter imaculadas todas as suas valências e maravilhas. Por isso, deve comprar o que será consumido num futuro próximo. Deve confirmar, já agora, a data onde se refere até quando deve aquele chocolate ser consumido. Se estiver em inglês dirá “Enjoy By”.

Um outro erro, este mais grave, é guardar o chocolate no frigorífico. Um verdadeiro amante do chocolate não o quer danificado. A ideia era boa, claro, mantê-lo rijo e fresco, mas não lhe faz nada bem.

É certo que o calor e a humidade são inimigos do chocolate, que deve ser conservado a 18º-20º celsius, num lugar com pouca humidade, mas as alterações de temperatura também lhe provocam danos vários.

Produção de Chocolate e chocolate liquido

Sabe quando o chocolate fica esbranquiçado?

Pois bem, em inglês chama-se “chocolate bloom”, traduzindo podemos chamar-lhe floração do chocolate. Trata-se da acumulação visual de cristais de açúcar na superfície da barra e acontece porque o chocolate, lá está, esteve sujeito a alterações de temperatura ou humidade.

Há dois tipos de floração de chocolate: a floração de açúcar e a floração de gordura. A segunda é causada pela manteiga de cacau, que quando derrete fica cristalizada formando um acabamento branco, baço, na superfície do chocolate (às vezes em toda a barra). Quando isso acontece, o chocolate perde o brilho e até o estalido, que dá tanta satisfação ouvir e sentir, fica diferente.

O chocolate que sofre a tal floração de açúcar desenvolve geralmente uma superfície rugosa e esbranquiçada e uma textura granulosa. Isto acontece, lá está, devido à oscilação e choque de temperaturas, ou então porque guardou o chocolate num lugar húmido. 

Calma, apesar de tudo, é seguro comer esse chocolate, mas a exposição às condições menos recomendáveis afetam, como já vimos, o aspeto, sabor e textura do chocolate.

A hipótese frigorífico pode ser, ainda assim, a menos má das possíveis, visto que pode estar numa casa assada pelo sol. Se assim for, antes de colocar o chocolate no frigorífico, certifique-se de que está bem embrulhado para evitar que ganhe odores alheios ou condensação.

Depois, quando o retirar do frigorífico, deve isolar o chocolate ainda embrulhado numa toalha para que ele volte lentamente à temperatura ambiente antes de o desenrolar.

Resumindo, não compre muitos chocolates, vá comendo à medida que compra, sem acumular. Verifique a data que está na embalagem para saber até quando deve consumir aquele pedaço de céu. Se tiver de guardar e armazenar o chocolate, procure um armário fresco e escuro, longe de cheiros fortes. Lembre-se que as mudanças de temperatura o afetam negativamente.

Conheça estes produtos:

Uma Caneca em formato de Rena
3,50

Caneca Rena

3,50

Veja também

Subscreva a newsletter e faça parte do nosso mundo!

As novidades estão sempre a chegar à Quinta das Tílias: novas delícias de mel, hidromel e chocolates, bem como os seus produtos preferidos de beleza e saúde que só as abelhas conseguem fornecer.

E-mail adicionado com sucesso, obrigado