Nenhum produto no carrinho.

Produto removido com sucesso

Vamos começar pelo mais importante: as abelhas não querem picar pessoas. Não retiram qualquer prazer disso, nem utilidade. Não são maldosas, já vimos tantas vezes que são nossas amigas. E necessárias. Não vale a pena o assobio, elas não querem nada connosco. É importante interiorizar esta mensagem e transmitir aos outros: as abelhas não nos querem fazer mal. 

Então, porque ferram elas? 

Bom, as abelhas picam porque se sentem ameaçadas, esta é a principal razão. Seja por movimentos bruscos ou até por cheiros fortes ou vibrações sonoras, as abelhas não reagem bem a oscilações no ambiente. É um instinto de defesa. Os seus voos, já sabemos, servem para encontrar alimentos ou executar a tão importante polinização. Ou seja, tudo o que fazemos para as afugentar é contraproducente, para nós e principalmente para elas, que morrem após a picada.

As picadas são da responsabilidade das abelhas obreiras, as tais que fazem tudo naquela sociedade maravilhosa. As rainhas raramente saem da colmeia e os zângãos não têm ferrão, por isso nem podem picar ninguém.

E porque morrem elas depois da picada? Porque o ferrão é um prolongamento do abdômen, que se rompe no momento em que a abelha se descola da pessoa que picou.

Se depois de todas estas recomendações, acontecer a picada, é importante retirar o ferrão o quanto antes. De acordo com o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), em Portugal existem muito poucos casos de incidentes fatais relacionados com picadas ou mordeduras de animais.

Ainda assim, o que devemos fazer em caso de picada?

“Como regra para todos os casos, deve aplicar-se gelo no local da picada, imobilizar o membro atingido e procurar apoio médico nos casos mais graves”, explica o INEM no seu site oficial.

Há picadas ou mordeduras de animais que podem originar um quadro clínico mais preocupante. A picada de abelha é uma delas, pois está relacionada com reações alérgicas graves, podendo surgir, na sequência da picada, um inchaço da língua e das vias aéreas superiores, assim como falta de ar, o que exige uma intervenção médica urgente.

Agora já sabemos o que fazer em caso de picada, mas igualmente importante é também sabermos que uma atitude tranquila e serena pode evitar uma picada e, consequentemente, a morte de mais uma abelha.

Vamos olhar por elas como elas olham por nós, sem assobios e sacudidelas. Combinado?

Veja também

Subscreva a newsletter e faça parte do nosso mundo!

As novidades estão sempre a chegar à Quinta das Tílias: novas delícias de mel, hidromel e chocolates, bem como os seus produtos preferidos de beleza e saúde que só as abelhas conseguem fornecer.

E-mail adicionado com sucesso, obrigado